Transição para VEs: Porque razão deve transitar para Autocarros Elétricos?

Agosto 16, 2022

Reading Time: 3 minutes

Um autocarro elétrico com alertas preditivos

 

Pode parecer uma pergunta retórica, no entanto, podem haver mais motivos para transitar para autocarros elétricos do que se possa imaginar. Certamente, há objetivos climáticos e proibições regulamentares nos motores de combustão interna (ICE) que se aproximam iminentes, mas há, também, algumas vantagens sociais e comerciais sérias em transitar para frotas totalmente elétricas. Se ainda está a ponderar e a avaliar as suas opções, seguem alguns factos quanto a Veículos Elétricos (VEs) que lhe podem fazer inclinar a balança…

 

1. Emissões reduzidas

 

Esta é a primeira e mais óbvia vantagem dos autocarros elétricos. Em 2019, a indústria dos transportes foi responsável por 26% das emissões de gases com efeito de estufa geradas na União Europeia – um número alarmante e que exige uma mudança drástica para veículos com emissões zero. Um autocarro tradicional produz, em média,1,3kg de CO2 por km percorrido. Um autocarro elétrico, por sua vez, não produz nenhum. Portanto, embora ainda haja um impacto ambiental na produção de veículos elétricos, estes têm uma pegada de carbono mais baixa.

 

 

2. Melhor qualidade do ar nas nossas cidades = melhores resultados em termos de saúde

 

Não é só o planeta que tem de beneficiar de menores emissões de gases – com melhor qualidade do ar, também viveríamos mais tempo. De facto, um estudo realizado na China, onde a adoção de veículos com emissões zero está a avançar a um ritmo acelerado, mostrou que os benefícios para a saúde devido à quota crescente de VEs ultrapassam os benefícios climáticos. Segundo os investigadores da Universidade de Cornell,, se pouco mais de um quarto dos carros particulares e uma quota ligeiramente maior de veículos comerciais fossem elétricos,os cortes na poluição atmosférica poderiam evitar quase 17.500 mortes em todo o país.em todo o país.

 

 

3. Redução do ruído e maior conforto para os passageiros

 

As pessoas associam frequentemente os transportes públicos a espaços lotados, viagens desconfortáveis, e ambientes ruidosos. Isto contribui para as baixas taxas de utilização, que já estavam em declínio antes da pandemia e continuam a ser baixas em comparação com o uso de automóveis particulares. Uma forma de aumentar a adoção é tornar a viagem mais confortável para os passageiros, e os motores elétricos, em virtude da falta de um sistema de escape, são mais silenciosos do que os veículos ICE. Têm também menos peças móveis, são automáticos, e têm um centro de gravidade mais baixo, todas estas caraterísticas que tornam a condução na cidade e o arranque constante uma experiência muito mais agradável.

 

4. Custos de manutenção mais baixos

 

Embora seja verdade que as reparações são significativamente mais dispendiosas para VEs do que para os veículos ICE tradicionais, também é verdade que os VE tendem a necessitar de menos manutenção. Isto porque o coração pulsante de um autocarro elétrico é a sua bateria, que representa cerca de 40% do custo total do veículo e, se danificado, torna-se caro de reparar ou substituir. Mas, se carregada e utilizada corretamente, a bateria de um VE pode durar muito tempo e não é provável que necessite de viagens regulares à oficina. De facto, durante a sua vida útil, um autocarro elétrico poderia poupar $125.000 dólares em custos de manutenção evitados, de acordo com os números do fabricante de autocarros New Flyer.

 

5. Custos de funcionamento mais baixos

 

Geralmente, e especialmente em locais onde as tarifas dos serviços públicos são favoráveis, a eletricidade é muito mais barata do que os combustíveis fósseis. Isto significa que percorrendo a mesma rota, é mais rentável com um autocarro elétrico, comparado a um autocarro ICE ou movido a hidrogénio. Segundo o fabricante Proterra, os autocarros elétricos podem, num período de cinco anos, poupar até $50.000 (€49.200 euros) em combustível e custos de manutenção. Ao longo da sua vida útil, o fabricante New Flyer diz que os autocarros elétricos podem ainda poupar cerca de $400.000 (€393.550 euros) em despesas de combustível.

 

6. Menor risco geopolítico

 

Como a recente guerra na Ucrânia e o consequente aumento do preço dos combustíveis, veio ao de cima o quanto os preços dos combustíveis fósseis são influenciados por eventos geopolíticos.

Um benefício indireto da mudança para autocarros elétricos é o preço bastante mais estável da eletricidade que, ao contrário dos combustíveis fósseis, pode ser produzida a partir de diferentes fontes.

Um custo ambiental mais baixo, melhor qualidade do ar nas nossas cidades, e custos de funcionamento reduzidos: a transição para autocarros elétricos deveria ser óbvia. No entanto, existem, evidentemente, alguns desafios a serem tomados em consideração, mas com estratégia apropriada em vigor, os operadores de transportes públicos podem ter um impacto significativo no combate às alterações climáticas, beneficiando ao mesmo tempo dos seus resultados.

 

Rune Prytz

You May Also Like…